domingo, 19 de janeiro de 2014

Missão Madrinha de Casamento: Contagem Regressiva

Oi gente... tudo bem?
Esse post é um relatório da minha saga como madrinha de casamento, mais especificamente da última semana. Mas acho que vou publicar ele só no domingo, depois da festa. Depois faço outro sobre a festa, ok? A intenção aqui é dividir as minhas angústias, ansiedades e desesperos! hahaha
Tô bem nessa vibe: quem casa é minha amiga e quem fica ansiosa sou eu! :S

Bom, eu achei meu vestido em novembro e junto com ele já aluguei os brincos e a clutch... A sandália eu já tinha e vou usar ela mesmo, mas ainda não tenho foto.


Ainda precisa ajustar a parte de trás que ficou sobrando e como a foto tá com o celular, a cor não está muito real. Desenhei a clutch porque não achei nada parecido no Google, ela é prata e onde tá branco, no meio é cheio de strass.

Agora começo o meu relatório propriamente: de quinta pra sexta (9 - 10) eu tive um sonho que foi muito perto de um pesadelo: 

Eu tinha trabalhado o dia inteiro (no salão da minha sogra - que eu trabalhei antes de vir morar em Sanca) e minha mãe e meu padastro foram me buscar e guardamos o carro na minha atual casa (em Sertãozinho), como eu tava 'morta com farofa' cheguei (na casa que morei durante a infância) e quis ir ver tv e tinha me esquecido completamente do casamento, que seria as 20:00 (hora real) e foi a hora que eu cheguei em casa, lá pelas 20:30 meu noivo me liga, falando: 'amor, você não vai vir? tá todo mundo te esperando' aí eu, sem me ligar no que tava acontecendo: 'ir pra onde?' e ele: 'o casamento'. Só me lembro de ter ficado desesperada pra me arrumar, fazer meu cabelo e maquiagem sozinha e mais desesperada ainda porque não sei fazer nada disso... Minha mãe me ajudou a me vestir, mas nem precisava porque esse vestido é simples, então ela e meu padastro foram buscar o carro enquanto eu tentava fazer meu cabelo e maquiagem. No fim das contas achei um batom meio marrom cintilante que eu tentei passar sem tremer.

Resultado? Acordei ansiosa, porque fiz, no sonho, exatamente o que eu faria se estivesse vivendo aquilo. E não foi como em alguns sonhos, que parece ser você, mas não é você, sabem? Era eu de verdade, me vi no reflexo do espelho do mesmo jeito que me vi nessa foto do vestido... Foi ruim, gente! Sério!

Bom, outro fato importante e que me preocupa é que sempre que vou a uma festa a minha unha resolve quebrar pouco antes, ela ainda não quebrou, mas ainda temos uma semana (hoje é dia 11) e eu preciso limpar meu quarto amanhã, então veremos. Estou torcendo pra que isso não aconteça, porque não quero usar postiça e se eu bem me conheço, remendar não é muito o meu forte.

Ah... o penteado, estou pensando em algo parecido com isso:


Os acessórios, além do brinco e a clutch, vou esmaltar as unhas com um prata metálico e um glitter holográfico prata também, além dessa pulseira:


Pra não ficar muito carregado, vou evitar colar e anéis. A maquiagem minha sogra vai se encarregar, então só vou mostrar pra vocês no post pós-festa :) - Lembrando que tô falando no futuro, porque as coisas ainda não aconteceram no momento que eu escrevo, mas esse tempo vai ser diferente do tempo que vocês leem. Por enquanto é só ^^ até o próximo dia de relatório! xD
bjos

Quarta-feira (15/01):
Minha mãe achou que fosse bom comprar uma sandália, porque aqui é muito quente e a que eu ia usar ela tava com medo de não aguentar, por causa do calor que faz nessa cidade e o material pode acabar derretendo... Então fui em busca, mas sem muitas expectativas: odeio me procurar sapato, experimentar então, é um martírio! U.u
Como ficar a tarde praticamente toda sem encontrar nada é cansativo, propus pra minha mãe que dependendo de como a sandália estivesse, eu procuraria um sapato pra comprar... Conversando com minha madrinha a noite, ela disse que podia ter algo.
A foto da sandália que eu ia usar:



Quinta-feira (16/01)
Mostrei pra minha mãe o glitter que eu vou usar, aí ela falou da unha em cascata... Eu olhei pro meu esmalte liso e fui testar a filha única, depois mostrei pra ela e ela falou do ombré na raiz da unha... testei e ficou assim, mas não é a unha que eu vou usar.



Meu noivo ainda não tinha arrumado a camisa, então fomos à caça, que bom que achamos, assim em cima da hora. Depois fui na minha madrinha ver os sapatos que ela podia me emprestar. Peguei três (tem quatro na foto, eu sei - mas um deles é a sandália que eu ia usar), são eles:



Gostei do que tem textura de escama de cobre a e do preto de frente aberta, mas acho que o segundo combina mais com o vestido:



Sexta-feira (17/01)
Descobri que meu noivo não foi fazer a segunda prova do terno, ou seja, não foram feitos os ajustes necessários =/ #socorro!
A camisa dele ficou pronta pelo menos e a calça não precisa mexer, então amanhã cedo busco tudo: minha roupa e acessórios, terno do meu noivo e do meu irmão... Ainda não consegui fazer minhas sobrancelhas, que estão taturanas, mas vou fazer amanhã também, junto com o cabelo e maquiagem.
Já fiz o pé e a mão (eu mesma, lógico - depois mostro pra vocês) e amanhã vai ser só correria! :)

Sábado (18/01): O grande dia
Acordei cedo e fui buscar as roupas, a do meu noivo não tava pronta. Então fui pra casa e depois de algumas horas eu estava no salão esperando pra fazer cabelo e maquiagem. Primeiro o cabelo foi preparado, almoçamos e depois começamos a fazer a maquiagem. Enquanto isso, meu noivo foi buscar o terno e a minha bolsa, que quando eu cheguei no ateliê tava marcada uma, mas eu tinha escolhido outra, no fim acabei ficando com a marcada. Quando a minha sogra foi passar o lápis no meu olho, ele começou a lacrimejar e as lágrimas escorreram. Manchou tudo na tentativa de concertar, então teve que tirar a parte dos olhos pra baixo da maquiagem e refazer... E o tempo escorrendo entre o dedos. Que ansiedade, que nervosismo, que medo de não dar tempo.
Eu quis colocar cílios postiços, mas ela não tinha, esperamos a moça levar, assim que a moça chegou com eles, não achávamos a cola... #socorro.
Apesar disso... o tempo no penteado foi mais rápido, depois de pronta fiquei esperando meu sogro me buscar para me levar ao ponto da van... ele demorou um pouco, essas coisas não fazem bem para a minha ansiedade. Mas chegamos e a van chegou pouco depois.
Durante a viagem foi tudo bem, só nos perdemos em Ribeirão Preto, onde iríamos pegar mais algumas pessoas, fizemos uma parada para ir ao banheiro, esticar as pernas e comer algo. Mas chegamos em paz e no tempo certo...

As horas que se seguem, eu conto em outro post ;)
Obrigada por terem lido até aqui!

Bjoos, ótimo resto de domingo.
Seu Blog · Design por Alves Alvin · Todos os direitos reservados - Copyright © 2014 · Tecnologia do Blogger