sábado, 3 de novembro de 2012

A visão do gato


Um ser incompreendido e que muitos dizem não gostar.
Sou carinhoso, mas de um jeito diferente, não sou de abanar o rabo, ou de pular em cima de você, humano... Muitas vezes pensam que eu dou azar, e que a pata de coelho dá sorte, então nos matam, eu por "dar azar" e o coelho por dar sorte, especialmente nas datas que chamam de sextas-feiras 13, não sei porque todos veem como um dia medonho, se gostam tanto desse bendito "final de semana" e se a sexta é 13 o sábado é 14, o domingo 15... Para mim não passa de um dia normal, em que eu provavelmente vou tirar muito cochilos, como sempre faço.
Lembra aquele desenho? O Gato Félix? Então porque ele é único gato preto que você gosta? Deixa eu mostrar no que sou bom:
Quando me esfrego em você ou se pareço um "motorzinho", com meu ronronar, é uma forma de mostrar o que sinto, é porque eu gosto de você, não me repreenda. Sou diferente do seu tão amado cachorro. Sou um bichinho muito dengoso e gosto de ficar quieto as vezes (principalmente em cima da sua cama, que é bem quentinha). Sei exatamente onde fazer minhas necessidades sem você brigar comigo para me ensinar, gosto de tomar banho, mas não com água, água é para beber, minha língua faz o trabalho direitinho (e vai me dizer que você não me acha uma graça eu me limpando?).
Pareço meio solitário as vezes, talvez por isso sou um amante da lua, ahh quanta beleza! Creio que temos muitas coisas em comum, (você mesmo quando era criança não gostava de se enfiar embaixo do chuveiro), mas seria bom se pararasse de me julgar, sem ao menos me conhecer, isso é bastante ruim pra mim.
Tente apenas me compreender e gostar de mim do jeito que eu sou, não estou obrigando ninguém, mas pelo menos respeite meu dono, não me jogue veneno ou faça qualquer outro tipo de tortura comigo, só me respeite, que eu te mostro a maravilha que eu posso ser.
Seu Blog · Design por Alves Alvin · Todos os direitos reservados - Copyright © 2014 · Tecnologia do Blogger